quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Delta do rio São Francisco

Porque é lá onde o mar tem água doce...



Quando você for visitar Maceió, não perca a oportunidade de conhecer o Delta (ou Foz) do Rio São Francisco. 


(eu infelizmente não tive mais tempo na cidade, senão o faria, com certeza!)

O encontro das águas do Rio São Francisco com o mar acontece na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe, com um cenário incrível onde o verde se encontra com a areia fina das dunas, formando um delta com coqueiros e imensas lagoas de águas azuis.


Essa paisagem foi escolhida como cenário para algumas produções cinematográficas e televisivas, entre elas o filme “Deus é brasileiro”, o que valorizou mais ainda o turismo na região.


Chegando ao município de Piaçabuçu, a 140km de Maceió, deve-ser procurar a rua do cais, onde existe a associação dos barqueiros e o preço do passeio é tabelado em 30 reais por pessoa. (verificar o preço antes de ir, ok galera?)

Nos próximos 45 minutos, o barco deslizando pelas águas do rio chega finalmente à foz e permanece atracado lá para que os turistas possam conhecer a sua beleza.


As embarcações ficam ancoradas por uma hora, tempo estabelecido pelo Ibama para cada visita ao delta.

Aproveite o tempo para caminhar pelas dunas, cuja área que estende por mais ou menos 22km (a maior extensão de dunas do estado) e tomar banho nas lagoas entre as dunas formadas pelas águas da chuva.


Imagine a cena: um imenso deserto com pequenos oásis de coqueiros, uma enorme lagoa de água doce e a areia branca da praia do São Francisco.


Aprecie a paisagem: todo dia ela muda um pouco, devido às marés e o vento.

Perto das embarcações, os comerciantes locais estendem as suas barraquinhas para venderem artesanato e doces caseiros.


Existe também um projeto voluntário com guias locais de idade entre 20 e 22 anos e que dão uma verdadeira aula sobre o Rio São Francisco. Se informe!

Da praia pode-se avistar um farol meio tombado dentro d’água. Ele ficou assim depois que iniciaram os projetos de transposição do Rio São Francisco. Isso afetou seriamente o equilíbrio das águas, o mar ficou mais forte e devastou um vilarejo que existia por ali.


Na volta, o pôr do sol e o barquinho deslizando devagar...


Mais umas imagens para dar água na boca...


Para ver mais informações sobre passeios em AL, veja aqui, aqui, aqui , aqui e ali.

Au Revoir!

3 comentários:

Professora Carla Fernanda disse...

Boa noite!Obrigada pela dica. Muito lindo!
Carla Fernanda

Pelos caminhos da vida. disse...

Aproveitando para dar uma voltinha pela blogsfera e conhecer novos espaços, novas pessoas e porque não fazer novas amizades.

Fica aqui o convite para conhecer o meu blog, será um prazer te ver Pelos Caminhos da Vida.

Um gde abraço.

beijooo.

Hugo Tavares disse...

Prezada, obrigado por tudo. A minha postagem não é um comentário mais uma pergnta: Você tomou conhecimento de uma viagem que um padre e uma freira desceram pelo rio desde a serra da Canastra em Minas até a foz em Alagoas? Caso seja conhecedora dessa aventura me dê alguma informação por favor. Ficaria muito abrigado.