quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Bonito - MS

O nome deste lugar, não é mera coincidência…







Como a maior parte dos destinos de ecoturismo, Bonito não é muito barata, mas com certeza vale à pena. E você vai entender o porquê.



Bonito é uma cidade incrivelmente simples e pacata contrastando com todo o burburinho causado pelos turistas. Para visitar a cidade em alta temporada, é necessário fazer reservas com antecedência.



Seu acesso se dá por terra, a 330 km de Campo Grande e também pelo ar; hoje Bonito já atende vôos comerciais partindo das principais capitais do país.






Entre maio e agosto, os campos estão muito secos e os animais procuram locais melhores para a temporada.  A melhor época de visitação é entre dezembro a março, quando os rios estão cheios. E os preços também são melhores nessa época.



Recomenda-se o mínimo de 4 dias para conseguir aproveitar ao máximo as belezas de Bonito.



Mas por que Bonito é tão famosa?



As águas dos rios de Bonito são incrivelmente claras, devido a alta concentração de calcário (agente purificador); formando um cenário perfeito para observar a fauna e flora subaquáticas.



Mas as atrações não são restritas à observação dos peixes. O leque de atrações é imenso! Veja abaixo uma lista das principais atividades que se pode fazer em Bonito:


  • não deixe de provar o “tereré”. Bebida mais que típica do Mato Grosso, é originário de Bonito. É uma infusão de erva-mate com água super gelada, bebida dentro da “guampa” (recipiente feito com chifre de boi)



  • Cachoeiras:


Boca da Onça
Esse parque se encontra a 63km do centro da cidade, custa mais ou menos R$100, possui 11 cachoeiras ao todo, e são 3h de caminhada no total.






Parque das Cachoeiras
Esse parque se encontra a 16km do centro da cidade, custa mais ou menos R$65 (almoço incluso), possui 6 cachoeiras.






Estância Mimosa
Divide as 6 cachoeiras com o Parque das Cachoeiras, e mais uma exclusiva. Se encontra a 24km da cidade e custa mais ou menos R$70 (almoço incluso).






Cachoeira do Rio do Peixe
Se encontra a 33km da cidade, custa mais ou menos R$75 (almoço incluso), 3h de caminhada ao todo.





Fazenda Ceita-Corê
Está a 38km da cidade, custa mais ou menos R$70, e uma trilha de 2h ao total.


  • Flutuação:

(atenção: “flutuação”, e não “mergulho”. Para a prática de mergulho, deve-se procurar locais apropriados e ter curso de mergulho concluído)



Rio Sucuri
Foi classificado como 5 estrelas pelo Guia 4 rodas. A visibilidade de suas águas vai até mais ou menos 10m. Seu acesso está a 19 km da cidade e esse passeio custa mais ou menos R$125 por pessoa (almoço incluso). Este é um dos locais favoritos para a prática da flutuação, mas quem não deseja experimentar, pode seguir o percurso de bote.




 

 



Aquário Natural
A diversidade da fauna e flora aquáticas é de fazer com que qualquer pessoa sinta-se num imenso aquário, como de fosse um de seus habitantes. Seu acesso está a 6km da cidade, com o custo aproximado de R$125 por pessoa. 



 

 

  • Gruta:

Lagoa Azul
Este com certeza é um dos pontos mais visitados da cidade. Após uma descida de 100m, pode-se visualizar um lago de águas azuis cristalinas. Ninguém sabe ao certo da origem dessas águas e desperta a curiosidade de pesquisadores e turistas de todo o mundo. Foi estrelado pelo Guia 4 Rodas com pontuação máxima. Seu acesso se dá a 18km da cidade e custa aproximadamente R$25 por pessoa. Atenção: não é permitida a visitação de crianças menores de 5 anos.






 


Rio da Prata 
Apesar de ser um dos atrativos mais famosos da região, pertence ao município de Jardim. São 51km a partir de Bonito. Esse também foi classificado como 5 estrelas pelo Guia 4 rodas. São 40 m de caminhada até chegar a beira deste rio tão deslumbrante. Dourados, pacus, piraputangas e curimbas desfilam por todo o seu percurso. Este passeio custa mais ou  menos R$125 por pessoa.




 

 



Quem está visitando a cidade, sem carro e por conta própria, considere reservar um hotel localizado bem no centro da cidade, pois é de lá que as vans partem para as atrações mais distantes.


Eu ainda não tive essa oportunidade de conhecer Bonito, e você? Se já foi, conte-nos sua experiência!





Au Revoir!!



*todas as fotos deste post foram retiradas da internet


Se você tem alguma dica ou comentário sobre o post de hoje ou alguma outra sugestão, não deixe de registrar! Escreva um comentário, ou mande um e-mail para A Pequena Viajante!



Não deixe de participar da comunidade "A Pequena Viajante" no orkut!!

6 comentários:

unhas minha arte {gel,fibra ,acrigel,porcelana e francesinha permanente} disse...

oi bom dia ,que lindo tudo eu amei seu blog e mt bom ,vou estar sempre aqui , beijos e parabéns

Lilian disse...

Paula, eu já fui mais de uma vez a Bonito e é realmente um lugar especial. Ver a natureza tão bem preservada, com turismo sustentável e educação ambiental é maravilhoso. A cidade é linda e a população está de parabéns. Não à toa foi a cidade escolhida para o primeiro post do meu blog: http://vidaeviagem.blogspot.com/2006/08/bonito.html, está lá para quem quiser dicas.
Abs

Von disse...

;D parabéns pelo blog, está muito show, ja te add no blogblog.
Estarei sempre por aqui! Postagens de qualidade

A Pequena Viajante disse...

Gente, muito obrigada mesmo pelos comentários!
Não deixem de participar, ajudando a construir um blog mais completo!!
=)

Au revoir!

valeriaolivetti disse...

Olá! Amei o seu blog, cheio de informações e fotos lindas! Não tenho condições de viajar muito, mas meu coração viajou aqui. Adorei, estarei sempre me atualizando. Um grande abraço!

Anônimo disse...

O tereré é originário do Paraguay e Bonito fica em Mato Grosso do SUL